03
Nov

Android Lollipop: conheça o mais novo sistema operacional móvel do Google

3230


Android Lollipop é a mais nova atualização do sistema operacional do Google. A versão 5.0, ou Android Lollipop (pirulito, em inglês), apresenta uma notável reformulação nas suas funcionalidades, interface, novas animações e interações baseadas em gestos. O lançamento da nova versão do Android marcou o fim dos cantos quadrados e das cores primárias que o caracterizavam.Com a chegada do novo sistema operacional há mudanças, também, no acesso às notificações.

De forma ainda mais dinâmica, o Android Lollipop vem acompanhado de um novo acesso interativo, que permite ao usuário ter acesso à mensagens e alertas sem precisar desbloquear o aparelho. Também será possível ver as notificações na parte superior direita da tela de bloqueio do celular, especificamente. Com isso, o usuário vai poder descartar as mensagens menos importantes apenas clicando nelas ou arrastando-as só com simples toques na tela bloqueada. Essa possibilidade de ler e até mesmo responder uma notificação diretamente da tela de bloqueio torna o seu uso mais fácil e prático.


Os upgrades na sua tela de bloqueio não param de surpreender. Agora ficou mais inteligente, permitindo integrar o Android Lollipop com outros gadgets que usarem o novo SO, como, por exemplo, em um relógio inteligente (smartwatch).  No que diz respeito a autenticação e o uso destes dispositivos inteligentes, vale destacar que o novo sistema reconhece e interage com o ambiente. Para entender melhor: se alguém estiver usando um relógio bluetooth e for emparelhado, abrirá automaticamente. Mas, se o usuário não reconhecer o wearable, mostra logo a tela de bloqueio.

Fonte: Tech Tudo

 

Desempenho

Quanto a isso, quem tiver um aparelho com o sistema operacional do robô pode ficar descansado. O Android Lollipop proporciona um desempenho mais veloz para os aplicativos, bem como uma redução no consumo da bateria. A mais nova atualização do Android pode aumentar o desempenho de aplicativos em até 4x, fruto do modo de execução ART. Quanto as baterias, atualizando o smartphone para a nova versão do SO do Google, o usuário ganha um aumento de 90 minutos no uso diário do seu smartphone, tudo isso por causa de novos recursos como o Battery Saver, por exemplo.

Já disponível no recém-lançado Nexus 9, o Android Lollipop traz um suporte a hardware 64-bit. Seus aplicativos nativos, como GmailChrome eGoogle Play Music já são otimizados para extrair o máximo da arquitetura 64-bit. No entanto, o sistema operacional ainda é compatível com hardware ARM, x86 e MIPS.
 

Mais seguro

Com objetivo de combater um dos grandes problemas do Android, o desenvolvedor reforçou a segurança da ferramenta contra os ataques virtuais, já que a empresa afirma que cerca de 93% dos usuários rodam a última versão do Google Play Services (pacote de aplicativos da companhia) em seus aparelhos. Sobre segurança não é tudo: o Android Lollipop conta com sistema de criptografia previamente ativado no smartphone. De igual modo, as novas políticas de segurança SELinux irão proteger os aparelhos contra vulnerabilidades e ataques por malwares.
 

Para garantir a segurança de seus usuários, a desenvolvedora adicionou o recurso Android Smart Lock a versão Lollipop, que permite desabilitar a tela de bloqueio quando estiver usando um smartwatch pareado com o celular.  O mesmo acontece com o Android Auto, garantido que o usuário não tenha, por exemplo, que ficar digitando senhas para ter acesso ao seu telefone quando estiver conduzindo.
 

Múltiplos perfis

Já pensou em compartilhar o seu smartphone Android com a namorada (o), amigos ou parentes? O Android Lollipop permite isso e muito mais. Ele permite criar vários perfis, porém, cada um poderá ter acesso privado aos seus documentos, fotos e vídeos e outros. Conta ainda com um modo onde você pode convidar alguém a usar seu dispositivo temporariamente, mas sem ter acesso aos arquivos. O usuário de cada perfil terá total autonomia para bloquear o acesso de outra pessoa na sua tela particular do sistema.
 

Novo discador

As novidades sobre o Android Lollipop parecem não ter fim. Tudo novo. Ele traz no discador um efeito só visto, até agora, em algumas ROMs: o efeito de "espalhar" (ripple touch). Conta com animações fluidas, coloridas e agradáveis, o que enfatiza a ideia de que a companhia não está alheia às novas tendências de customizações.
 

Mudanças multimídia

Parece que a nova versão chegou disposta a resolver todos (ou quase todos) problemas das versões anteriores. O Lollipop oferece o tão aclamado suporte de áudio via porta USB. Entretanto, sobre novidades não é tudo: conta ainda com suporte padrão para som de 5.1 e 7.1 canais. O recurso nativo OpenGL 3.1 garante a ótima qualidade dos gráficos, especialmente para jogos. Os amantes de fotografia não foram esquecidos, pois o Android Lollipop suporta o formato RAW, o melhor que há em qualidade de imagem (devido a menor taxa de compressão comparada ao popular JPEG). O codec HEVC também merce destaque, já que roda vídeos em 4K a 10-bit, sinónimo de bom desempenho e fluidez.

Recursos como OK Google, integração com o Android TV, suporte a 68 novos idiomas, e ferramentas que garantem maior facilidade de configuração do sistema também foram melhorados.

Mudanças no Gmail

Com uma nova cara, entretanto, o Gmail agora apresenta ícones mais redondos, ganhou mais botões e exibe mudanças nas superfícies, nos espaços em branco, na paleta de cores e, ainda, na tipografia, por exemplo. Falando em tipografia, no Android Lollipop esta funcionará em todas as telas de smartphones, tablets, relógios inteligentes e, até mesmo, nas TVs que rodarem a mais nova plataforma do Google.
 

CPU

Neste quesito, chips ARM, x86, MIPS, de todos os tipos, serão compatíveis com o Android Lollipop. Isso quer dizer que o sistema vai rodar bem em qualquer CPU, sem qualquer problema de compatibilidade. O Android Extension Pack, também anunciado na conferência, é a plataforma que pretende diminuir a distância de processamento entre desktop e smartphones e tablets.

 

Fonte: Tech Tudo





Comentários